Ao voltar de viagem, família encontra casa com novos moradores

EPTV/Reprodução

Uma família encontrou a casa onde morava ocupada após passar 3 meses longe do local. A proprietária precisou viajar para acompanhar o tratamento da mãe em São Paulo e, quando voltou, encontrou novos moradores que diziam ter comprado a casa por R$160 mil. O caso aconteceu em Ribeirão Preto.

A dona da casa, Fernanda Souza, conta que ela, sua mãe, uma tia e um sobrinho moram na casa, comprada pelo pai dela, desde 1998. A nova família afirma que quem vendeu a casa foi a tia de Fernanda que teria dito ser dona da propriedade. Segundo informações do G1, a mulher nega ter feito a venda e diz nunca ter visto o comprador.

Eder Fabri, o atual morador do imóvel, conta uma versão diferente sobre a negociação: “A velha negociou a casa comigo. Eu dei R$ 160 mil para ela mais 20 parcelas de R$ 2 mil e ela falou que quando eu acabasse de pagá-la, me daria os documentos da casa. Ela vendeu a casa do irmão dela pra mim. E não vai ficar assim não, se eu perder R$ 160 mil que eu tirei dos meus filhos pra comprar uma coisa pra eles. Agora está tudo com meu advogado”, finaliza.

A residência está situada no Parque Residencial Candido Portinari e Fernanda afirma ter enfrentado problemas de saúde com a situação. Ela ainda revela que sofreu ameaças do novo morador quando chegou ao local pela primeira vez e tentou conversar para entender o que estava acontecendo. Fernanda chegou a pedir para retirar suas coisas da casa, mas Eder não permitiu. “Ele disse que era pra eu sair de lá e que ia dar um tiro na minha cara se eu tentasse entrar”, conta. Ela só conseguiu entrar no local após procurar a polícia, três dias depois de voltar para sua cidade. Ao entrar, outra surpresa: nenhum dos pertences que a família havia deixado antes de viajar estava no local, incluindo o carro usado por eles.

A Polícia Civil afirma que abriu um inquérito para investigar crimes de invasão de propriedade e furto, mas o delegado responsável pelo caso explicou que a própria família deverá entrar com uma ação de reintegração de posse.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)