Alegando que mulher estava possuída, italiano consegue divórcio

Fanshare.com/Reprodução

Um italiano conseguiu se divorciar da esposa após alegar que a mesma estava possuída pelo demônio. O processo corria na justiça italiana desde 2007, quando a mulher começou a presentar comportamento inexplicável.

Convulsões, enrijecimento muscular e outros fenômenos começaram a acontecer com a mulher, que não teve a identidade revelada. A irmã contou ao jornal italiano Corriere della Sera que a mulher chegou a arremessar um banco da igreja católica que frequentava com apenas uma mão, demonstrando força extrema. O processo contou também com outras testemunhas, como um padre, um capuchinho e até uma pessoa que confirmou ter visto a mulher levitando.

A afirmação da Justiça é que a mulher estava claramente agitada e fora de si. Ela passou por vários exames médicos, que não resultaram em nenhum diagnóstico,  então não poderia ser considerado uma doença. A mulher passou também por alguns exorcistas, que não chegaram a resultado algum sobre sua condição. Por fim, a justiça italiana decretou o divórcio do casal, que tem dois filhos.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)