Agência de turismo oferece “tour da Lava-Jato” para passeio em Curitiba

 Fabio Rodrigues Pozzebom

O turismo ganhou uma nova vertente em Curitiba. A Operação Lava-Jato ajudou a promover novos passeios pela capital paranaense, que incluem visitas a locais como a Superintendência da Polícia Federal e a sede da Justiça Federal, local onde o juiz Sérgio Moro conduz os processos da investigação a respeito de possíveis desvios de verba pública envolvendo a Petrobras.

O passeio chamado “tour da Lava-Jato” é oferecido pela Special Paraná Turismo e Eventos e foi criada a pedido de turistas. “Assim que começou a operação, eles começaram a pedir para conhecer os locais ligados à Lava-Jato, especialmente onde trabalha o juiz Sérgio Moro”, explicou Bibiana Antoniacomi, diretora da agência ao site Paraná Portal.

Geraldo Bubniak

A duração do passeio pode chegar a 4 horas, ao custo de R$ 340 por pessoa. O trajeto tem início na Procuradoria da República, pelo prédio da Universidade Federal do Paraná – onde Moro leciona, seguindo para a Justiça Federal e a sede da Polícia Federal. O passeio pela “República de Curitiba” é finalizado no Complexo Médico Penal, onde estão detidos alguns dos envolvidos nas investigações. Caso os clientes desejem, ainda é possível visitar os locais onde os procuradores costumam almoçar e lanchar. “Tem alguns lugares que a gente sabe que o pessoal da procuradoria frequenta. Quem é fã dos procuradores pode, de repente, ter a oportunidade de ver algum deles”, aponta Bibiana.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)