Terra foi formada pela colisão entre dois planetas, defendem cientistas

Já era sabido que a Terra havia colidido com um pequeno planeta, denominado “Theia”. Agora, pesquisadores da Universidade da Califórnia (UCLA) alegam ter encontrado evidências de que, na verdade, há 4,5 bilhões de anos, a colisão entre Theia e uma espécie de versão primitiva da Terra, com “apenas” 100 milhões de anos de idade, promoveu uma mistura entre ambos que terminou por criar o planeta como o conhecemos. A lua por sua vez, seria produto de restos desse choque.

A teoria é a conclusão das comparações entre pedras lunares e rochas vulcânicas encontradas no Havaí e no Arizona, ambos estados norte-americanos. Os cientistas descobriram que os isótopos de oxigênio encontrados nas duas amostragens são idênticos. “Theia foi muito bem misturada à Terra e à Lua, e uniformemente dispersa entre eles. Isso explica a razão de não vermos diferença nas marcas deixadas por Theia na Lua e na Terra”, asseverou o pesquisador Edward Young ao The Independent.

Segundo ele, Theia estava crescendo e teria se tornado um planeta maior caso não tivesse sido destruído no choque. A pesquisa foi financiada pela Nasa, pelo Observatório de Carbono Profundo e pelo Conselho Europeu Accrete.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)