Templo satanista oferecerá cursos em escolas dos EUA

The Satanic Temple/Facebook

Um culto satanista dos Estados Unidos decidiu oferecer atividades extracurriculares para crianças, aproveitando um recurso legislativo. O programa recebeu o nome Satã Depois da Escola e  promoverá reuniões mensais com aulas de literatura, atividades voltadas para o aprendizado de ciências e artes, além de uma refeição saudável. A Suprema Corte americana prevê, desde 2001, a permissão para que grupos religiosos ofereçam cursos extracurriculares para a rede pública de ensino, como já fazem igrejas católicas e evangélicas com os chamados Clubes das Boas Notícias.

A responsabilidade por promover o viés satânico a esses programas é do Templo Satanista dos EUA, fundado em 2014. A instituição foi criada por Lucien Greaves, ex-aluno de neurociência da Universidade de Harvard, defendendo o conhecimento científico, as liberdades individuais e os direitos humanos. O grupo possuí um discurso político e conta com mais de 100 mil seguidores nas redes sociais, além de possuir escritórios em 13 estados norte-americanos. “O Templo Satânico é uma religião igual a qualquer outra, na medida em que nós (membros) temos um senso de identidade, comunidade, estrutura narrativa, cultura e valores compartilhados”, explica Chalice Blythe, membro do templo e diretora do programa à BBC.

A iniciativa foi prontamente rechaçada por grupos religiosos e conservadores, como a TFP (Tradição, Família e Propriedade), que a classificou como um sacrilégio. “Se cursos religiosos são permitidos nas escolas, nós queremos espalhar nossos clubes por toda a nação para garantir que múltiplos pontos de vista estejam representados”, defendeu Blythe. As atividades estão programadas para começarem em outubro e aceitará qualquer criança independentemente do histórico religioso.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)