Símios possuem habilidade de “prever” ações alheias

Joel Santana/Pixabay

Um estudo publicado na revista Science evidencia que os símios possuem uma capacidade cognitiva chamada “teoria da mente”, que os permite atribuir desejos, intenções e conhecimento aos outros. Anteriormente, essa habilidade era atribuída somente aos seres humanos, e é associada a fatores como a enganação, empatia, ensino e possivelmente a linguagem.

“Nós vemos que eles são capazes de prever o comportamento dos outros, o que é uma habilidade sofisticada”, avalia o antropólogo Christopher Krupenye. Essa capacidade era testada em crianças a partir de um experimento em que elas assistiam alguém guardar uma barra de chocolate em uma caixa e depois sair da sala, enquanto outra pessoa entrava e a escondia em outro lugar. Elas eram então questionadas a respeito de onde a primeira pessoa procuraria pela barra e passavam no teste caso respondessem a caixa original – demonstrando sua capacidade de perceber uma crença ilusória em terceiros.

A nova análise sugere que três espécies de macacos – chimpanzés, bonobos e orangotangos – também são capazes de identificar uma “crença falsa” em seus pares. Dessa forma, eles podem enganar, reconhecer motivação nos outros e memorizar quais outros macacos são bons parceiros em atividades colaborativas.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)