Pernambuco teve um veículo roubado a cada 25 minutos em 2016

Pixabay/Reprodução

O ano nem acabou, mas, ao fim de setembro de 2016, Pernambuco já havia superado o número de roubos e furtos de veículos, em comparação a todo o ano de 2015. De acordo com dados fornecidos pela Secretaria de Defesa Social (SDS), foram 15.380 casos registrados pelas polícias Civil e Militar até o fim do terceiro trimestre, uma média de 56 veículos subtraídos por dia – ou um a cada 25 minutos e 40 segundos. Caso seja mantida a mesma média mensal de roubos e furtos, o ano de 2016 deve ser encerrado no estado com um total superior a 20,5 mil casos, o que totalizaria uma alta de quase 40% em relação a 2015.

Em 2015, Pernambuco já apresentou aumento pouco superior a 20% no número de veículos roubados e furtados, na comparação com 2014. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2016, que apresenta números catalogados pelo Fórum Brasileiro, especialista no tema. Foram 14.784 veículos furtados ou roubados (em comparação aos 12.285 de 2014), número que representa mais de 40 veículos roubados ou furtados a cada dia, e um veículo alvo desses crimes a cada 37 minutos e meio.

Em nota, a SDS ressaltou o trabalho das polícias Civil e Militar no combate aos roubos e furtos de veículos. “O trabalho tem sido feito em várias frente, como a investigação e prisão de quadrilhas especializadas neste tipo de crime e operações de desmanche”, diz um trecho da nota.

A SDS informou ainda que em 2016, entre veículos roubados e furtados, 6.731 foram devolvidos aos donos, equivalente a 44% do total de ocorrências.

Levando em conta a taxa de roubos e furtos, que dá uma dimensão mais fiel do cenário, por comparar os casos com o total da frota, Pernambuco é o 10° estado do país em ocorrências, com 544 veículos roubados ou furtados para cada 100 mil que compõem a sua frota. Neste quesito, a liderança é do estado do Amapá com taxa de 824, seguido por Goiás (798) e Rio de Janeiro (776). Em números totais, levando em consideração tamanho da população e frota, Pernambuco seria o 9° lugar, e o segundo na Região Nordeste – atrás apenas da Bahia. Com quase 80 mil veículos roubados ou furtados, São Paulo lidera o ranking de total de ocorrências, seguido por Rio de Janeiro (31 mil) e Minas Gerais (11,7 mil).

Um em cada quatro roubos ou furtos de veículo ocorridos em Pernambuco é registrado na cidade do Recife. Somente na capital, foram 3.759 ocorrências desse tipo em 2015, aumento de 9,5% em relação a 2014. Ainda segundo o Anuário, levando em conta a taxa de roubos e furtos, são 575 veículos roubados para cada 100 mil que compõem a frota recifense.

No ranking nacional de roubos e furtos de veículos entre as capitais brasileiras, a taxa deixa o Recife na 17ª posição, em lista liderada por Porto Alegre (RS), seguida por Porto Velho (RO) e São Paulo (SP). Em números absolutos, a capital pernambucana é a 11ª, em lista que tem São Paulo na primeira colocação (82 mil veículos), seguida por Rio de Janeiro (22,6 mil) e Porto Alegre (13,7 mil).

Este contador é atualizado a cada 26 minutos, seguindo a média registrada entre janeiro e setembro de 2016

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)