Perna amputada não impede garota de sonhar em dançar balé

thetruth365film / Youtube

Após descobrir que tinha um câncer raro nos ossos, uma norte-americana de nove anos chamada Gabi Shull precisou amputar a perna direita. Temendo que ela, que é apaixonada por balé, parasse de dançar, os familiares da menina resolveram arriscar uma cirurgia chamada “rotationplasty” (plastia de rotação, em português). O procedimento raro inverte a posição do pé e transforma o calcanhar do paciente em um joelho, permitindo a realização de movimentos mais complexos com a perna acoplada a uma prótese.

A doença foi descoberta quando Gabi levou uma queda e não se recuperou do ferimento no joelho. Através de uma ressonância magnética, os médicos descobriram o osteosarcoma, que afeta os ossos. “Foi muito doloroso no começo, eu estava com medo de colocar muito peso na perna. Levei mais ou menos um ano e muito treinamento para conseguir dar os primeiros passos sem nenhuma ajuda. Um ano depois, eu já estava nos palcos”, afirmou a menina em entrevista ao jornal britânico Daily Mail.

Mesmo amando a dança, a menina espera ter outra profissão no futuro: a de médica. “Quando eu crescer quero me especializar em pediatria ou trabalhar como uma enfermeira, até mesmo cientista, ajudando a descobrir a cura do câncer”, disse Gabi. Ela acredita que se conseguiu vencer a doença e aprender a fazer tudo de novo com uma prótese é capaz de fazer qualquer coisa.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)