Passageira é obrigada a dar descarga no hamster de estimação em vôo

Miami Herald / Reprodução

Uma estudante norte-americana denunciou nas redes sociais o descaso da companhia aérea Spirit Airlines após ser obrigada a dar descarga no hamster de estimação dela, batizado como Pebbles, em um voo que seguia de Baltimore para a Flórida. Segundo a jovem de 21 anos, a ação foi exigida mesmo após ela consultar a empresa com antecedência para pedir permissão para a viagem.

“Ela estava tão assustada. Eu estava tão assustada. Foi completamente aterrorizante”, disse a garota em entrevista ao jornal norte-americano Miami Herald. Ela explicou, ainda, que passou mais de dez minutos chorando dentro do banheiro após realizar a descarga. Quando chegou no destino, mandou um e-mail para a empresa e recebeu como “recompensa” uma passagem gratuita, que foi rejeitada.

A garota tinha comprado Peebles quando se mudou de faculdade e teve suspeita de câncer. Ela considerava o animal como um fiel companheiro. A empresa, porém, negou que exigiu que a garota fizesse a ação. “Nenhum dos nossos funcionários sugeriu que os passageiros (ou qualquer outra pessoa) desse descarga em um animal”, disse o porta-voz da empresa, Derek Dombrowski.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)