Noiva descobre câncer e organiza festa dentro de área isolada em hospital

 Dan Slawycz / Facebook

Uma inglesa de 33 anos foi diagnosticada com câncer três dias após ser pedida em casamento pelo namorado. Porém, isso não a impediu de organizar e estar presente em todos os detalhes da cerimônia e festa. Mesmo estando em uma ala totalmente isolada, em um hospital em Manchester, na Inglaterra, ela conseguiu a festa dos sonhos.

Katie Welsh foi diagnosticada com leucemia linfoide aguda, um tipo raro de câncer do sangue e da medula óssea que afeta os glóbulos brancos, apenas três dias depois de Dan Slawycz, seu até então namorado, pedir sua mão em casamento. Apesar da doença com grande risco de morte, a britânica, que é mãe de duas crianças, se reergueu e organizou tudo de dentro do hospital. “Planejar o casamento me impediu de pensar sobre a doença e me manteve ocupada. Fiz todo o planejamento da unidade de isolamento usando um iPad”, comentou a noiva ao jornal britânico Daily Mail.

Durante o tratamento com quimioterapia, Katie perdeu seus cabelos e também boa parte do seu peso, além de não poder receber visitas constantes durante os seis meses isolada, onde viu seus filhos e noivo apenas 5 vezes. Muitas noites sem conseguir dormir, ela navegava na internet e comprou vários dos acessórios para ela e as madrinhas na web, inclusive dois vestidos de noiva, devido a perda de peso repentina.

Após seis meses na área de isolamento, onde seu noivo a aguardava ansiosamente enquanto ficava ao lado de fora sempre ao lado da mulher, Katie já foi liberada do hospital e está prestes a voltar para o trabalho.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)