NASA envia sonda ao asteroide que pode se chocar com a Terra

NASA/Reprodução

Existe uma possibilidade em 2.700 ou 0,037% de chances do asteroide Bennu, de 500 metros de diâmetro, atinja a Terra. O impacto, de acordo com a Agência Espacial Norte Americana (NASA), ocorreria daqui a 150 anos. Caso Bennu, de fato, atinja nosso planeta, criaria uma cratera com cerca de cinco quilômetros de diâmetro, com um impacto 70 mil vezes maior que a bomba de Hiroshima.

Por conta disso, a NASA lançará a sonda OSIRIS-REx no dia 8 se setembro de 2016, do base de lançamentos de Cabo Canaveral, para ir na direção do asteroide e retornar com amostras que permitirão saber mais detalhes sobre Bennu, sobre como ocorreu a formação dos planetas e até como começou a vida na Terra.

“Ninguém precisa se preocupar, de modo algum. A probabilidade é de apenas 0,037%”, disse o chefe da missão Mike Donnelly, de acordo com o El País. A NASA espera coletar entre 60 gramas e dois quilos de amostra do asteroide Bennu, com o objetivo principal de encontrar moléculas orgânicas, além de conseguir extrair minérios – um asteróide com dez metros de diâmetro possui cerca de 50 quilos de ouro e platina. O retorno da OSIRIS-REx é previsto para 2023.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)