Mãe e filho descobrem cânceres diferentes e lutam por vida em tratamento

Amanda Lee Edwards / Facebook
A britânica Amanda Edwards, de 49 anos, enfrentou um dos maiores baques da vida quando levou o filho mais novo ao hospital com um “resfriado” e descobriu que Abraham, de apenas 9 anos, tinha leucemia (câncer no sangue). Poucos dias depois, sem nenhuma reação do filho ao tratamento e com a piora do estado de saúde do garoto, os médicos descobriram que ele tinha mais um tipo de câncer, classificado como leucemia mielogênica, precisando lutar contra os dois ao mesmo tempo. “Era como o inferno na Terra ficar sentada o olhando e sem saber o que aconteceria”, afirmou Amanda em entrevista ao jornal britânico Daily Mail. Ela não esperava, porém, por mais uma infeliz surpresa que a acometeria um mês depois: a descoberta de outro câncer, desta vez, nela.

Amanda encontrou um nódulo no seio esquerdo ainda nos primeiros dias de tratamento do filho e, quando foi ao médico, descobriu que tinha um tumor maligno. Ela começou um ciclo de quimioterapia para tentar diminuir o caroço. Mesmo perdendo cabelo e sentindo os efeitos do agressivo tratamento, ela garante diz que a maior dor dela é não saber se o filho sobreviverá. “Meu filho está extremamente doente e lutando pela vida dele. Eu só tenho câncer de mama. Enquanto eu só faço o tratamento uma vez a cada três semanas, ele faz cinco dias consecutivos e fica no hospital com efeitos colaterais durante as pausas”, afirmou. Ainda assim, a mulher que também tem um filho de 11 anos chamado José, tenta não levar para a relação com o filho todo o peso da doença. “Brincamos para saber quem é o careca mais bonito da família”, brincou. Os dois passam por tratamentos em hospitais diferentes da Espanha, onde toda a família mora agora.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)