Leitor de mentes pode ser realidade próxima, diz estudo

Jean-Pierre Dalbèra / Creative Commons

Cientistas da Universidade de Bremen, na Alemanha, estão a poucos passos de criar uma máquina capaz de transformar os pensamentos das pessoas em textos. A técnica pode ser uma esperança para pacientes com dificuldade de fala ou até mesmo para quem não tem capacidades motoras. O estudo foi inspirado por técnicas de decodificação de voz telefônica e engloba várias tecnologias capazes de decodificar sinais do cérebro, mas uma em específico, chamada eletrocorticografia, se destacou. A técnica consiste em transformar o pensamento do usuário em palavras e foi testada em pacientes epilépticos que já tinham eletrodos implantados no cérebro para tratar a doença.

No primeiro teste do decodificador, pacientes leram textos em uma tela enquanto a atividade cerebral deles era gravada, formando um acervo de sinais neurais prontos para ser combinados com as palavras. Agora, os pesquisadores devem incluir modelos de dicionários e linguagem nos algoritmos do computador para decodificar os pensamentos dos pacientes. “Pela primeira vez nós podemos mostrar que a atividade cerebral pode ser decodificada especificamente utilizando o sistema de reconhecimento automatizado em sinais do cérebro”, afirmou Christian Herff, autor do estudo, em publicação no jornal científico Frontiers in Neuroscience.

O próximo desafio da equipe, porém, é tornar o estudo viável para testes em outros pacientes, pois o método atual foi feito em quem já tinha eletrodos implantados no cérebro após um processo cirúrgico invasivo. “A necessidade de eletrodos para fazer o estudo torna difícil a sua utilização no dia a dia”, afirmou Herff. Os pesquisadores prometem continuar procurando formas de tornar a técnica mais prática, mas não há previsão para isso.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)