Igreja do Monstro de Espaguete Voador celebra primeiro casamento legal

Toby Ricketts/Youtube/Reprodução

Um casal protagonizou o primeiro casamento legal pela Igreja do Monstro de Espaguete Voador. Os pastafaris Toby Ricketts e Marianna Fenn formalizaram a união vestidos de piratas – roupa oficial da religião – assim como os convidados, em cima de um barco, em Akaroa, Nova Zelândia. A cerimônia foi transmitida ao vivo no canal do YouTube do noivo.

O casal optou pelo casamento pastafari há cerca de três semanas. Segundo o Stuff, Ricketts, que é fotógrafo e diretor de filmes, descobriu a Igreja e o direito recém-adquirido para realizar casamentos por meio de uma pesquisa para um filme. Ele decidiu então enviar uma proposta do casamento para a noiva pela internet.”Eu mandei para Marianna um convite, pelo Calendário do Google intitulado ‘casamento de pirata?’. E ela aceitou”, conta o noivo. O registro do casamento, que encontra-se no Canal do Youtube de Ricketts, possui mais de 12 mil visualizações.

MariannaFenn/Facebook/Reprodução

Os fiéis consideram que os piratas são seres supremos na Terra e que, a partir deles, que os seres humanos evoluíram. A Igreja é reconhecida oficialmente como uma organização religiosa na Nova Zelândia. Por isso, os seguidores têm direito a usar um escorredor de macarrão como um chapéu religioso nas fotos de carteira de motorista e passaporte.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)