Idosa é detida ao preencher palavras cruzadas em obra de arte

TriviaPeople / Wikimedia Commons

Uma mulher de 91 anos foi detida pela polícia após vandalizar uma obra que imitava palavras-cruzadas no museu estadual da cidade de Nürnberg, na Alemanha. A obra, chamada de “Reading-work-piece”, do pintor Arthur Köpcke, é avaliada em €80 mil, o equivalente a R$ 288 mil, e tem espaços em branco com a mensagem “acrescente palavras” ao lado. A senhora, que não teve a identidade revelada, afirmou que só estava seguindo as instruções da peça quando foi abordada pelos policiais.

Após prestar depoimento, ela foi liberada e não sofreu nenhuma punição. Como as palavras foram escritas em caneta, o dano na obra é reversível e a mulher não vai precisar pagar o prejuízo, que foi orçado pelo museu em algumas centenas de euros. “Nós acreditamos que a senhora não teve nenhuma má intenção, mas como um museu estadual, nós não podemos deixar de prestar queixa”, explicou a diretora do museu, Eva Kraus, em declaração ao jornal The Telegraph. Agora, o museu prometeu confeccionar placas para deixar claro que as obras não devem ser tocadas.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)