Homem viaja 4 mil km para ouvir coração da filha bater no peito de outra pessoa

Donate Life Louisiana/Facebook

Mais de 4 mil quilômetros percorridos para ouvir o coração da filha bater no peito de outra pessoa. Um pai fez essa viagem de bicicleta para conhecer o homem que teve a vida salva pelo transplante do órgão da sua filha. Bill Conner saiu do estado norte-americano do Wisconsin e foi até a Louisiana para conhecer Loumonth Jack, a pessoa que tinha apenas alguns dias de vida até receber o coração da sua filha Abbey.

Após a longa jornada, ao chegar na casa de Jack ele recebeu um estetoscópio, o colocou no peito do receptor do coração da sua filha e pôde ouvir os batimentos. “Saber que ele está vivo por causa da Abbey… Abbey está viva dentro dele. É o coração dela que o mantém de pé. Estou feliz por ele e sua família e, ao mesmo tempo, tive a a oportunidade de me reunir novamente com a minha filha”, contou o pai para a rede de TV norte-americana CBS.

Abbey Conner morreu aos 20 anos. Ela foi encontrada inscosciente na piscina, durante férias da família em Cancun, no México. A jovem passou meses mantida viva por aparelhos, até que a família resolveu doar os órgãos.

“Ela registrou que queria ser doadora. É algo que sabia há muito tempo. Se você a tivesse como uma amiga, ela sempre seria aquela que está ao seu lado. E, para ela, ajudar quem precisava era o mais importante”, afirmou Bill a Jack. O pai percorreu cerca de 2.250 quilômetros para realizar a visita, saindo de casa em 22 de maio de 2017 e chegando ao destino no dia 18 de junho. A iniciativa busca ajudar na conscientização sobre doações de órgãos.

Veja o vídeo do encontro (áudio em inglês):

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)