Homem que fingia ser Neymar para extorquir mulheres é preso

Um morador de Nova Serrana, município do estado de Minas Gerais, foi preso por suspeita de extorquir mulheres depois de ter acesso a vídeos íntimos pela internet. O homem, de 36 anos, procurava mulheres dizendo ser um fotógrafo da revista ‘Playboy’ e amigo do jogador de futebol Neymar, da Seleção Brasileira. Em seguida, para conseguir os vídeos, o homem fingia ser o próprio jogador e conversava com as meninas.

“Como as garotas acreditavam que estavam conversando com Neymar, gravavam vídeos íntimos conforme ele pedia. Depois disso, o suspeito passava a cobrar delas para não divulgar os vídeos na rede”, explicou a delegada Daniela Terra, responsável pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática do Rio de Janeiro, ao jornal O Tempo.

Pelo menos cinco vítimas foram identificadas pela Polícia Civil carioca, mas vídeos de outras mulheres foram encontrados no computador que o suspeito usava. Se forem comprovados os crimes de extorsão, ele pode ser condenado a até 10 anos de prisão por cada uma de suas vítimas.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)