Homem mata casal e come rosto de vítima

Jillian Brynne /Twitter

Um estudante universitário norte-americano atacou e matou um casal e, depois disso, passou a devorar o rosto de uma das vítimas. O caso ocorreu na Flórida. De acordo com as informações da Time, o ataque “inexplicável” do jovem de 19 anos teria sido motivado pelo uso de drogas.

De acordo com policiais, Austin Harrouff estava sobre John Stevens, umas das vítimas, mordendo o seu rosto, quando os policiais chegaram e o imobilizaram. O estudante não tinha antecedentes criminais e sempre teve boas notas na Universidade Estadual da Flórida. Durante o ataque, os oficiais contam que ele apresentava “níveis anormais de força” e nem mesmo os choques de um taser e a mordida de um cão da polícia foram suficientes para impedir que ele continuasse sobre o homem, mordendo o seu rosto.

 

 Austin Harrouff/Facebook

Foram necessários três policiais para controlar o estudante. “Nada estava funcionando. Eles estavam usando toda a força que eles foram capazes”, disse o xerife Willian Snyder. John Stevens e sua mulher, Michelle Mishcon, foram mortos na garagem de casa. Ambos foram esfaqueados por diversas vezes. A polícia aponta que as vítimas não conheciam Harrouff, o que sustenta a tese de um surto, no qual o estudante escolheu vítimas aleatórias. As autoridades ainda não confirmam o uso de drogas por parte do assassino, mas encontraram sintomas significativos de uma droga chamada Flakka. A substância causa agitação, agressividade e psicose, e os usuários alegam que não conseguem pensar quando estão sob efeito dela.

“Sabemos que a Flakka geram esse tipo de comportamento, que em alguns casos, usuários mordem as vítimas até remover pedaços de carne”, disse Snyder. Relatos oficiais dão conta que o estudante estava fazendo sons de animal quando chegou ao hospital. Os pais dele dizem que a família estava jantando normalmente em um restaurante, mas o filho saiu correndo “claramente agitado”. O jovem está internado e corre risco de vida e deve seguir para a prisão após a alta.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)