Homem aciona polícia após ex alimentar hamster em excesso

Um homem ligou para a polícia de Northumbria, na Grã-Bretanha, para relatar que sua ex-namorada estava alimentando demais o hamster deles deixando o animal parecer “um porquinho gordo”. Ele explicou ao atendente que o hamster era seu animal de estimação, mas após a separação a namorada não quis devolvê-lo e estava alimentando-o em excesso. “Ela não vai devolvê-lo porque diz que cuidará melhor dele do que eu, mas ela está deixando ele parecer um porquinho gordo. Eu preciso dele de volta, ele só tem alguns anos pela frente e eu o amo”, relatou.

O pedido de ajuda não surtiu efeito. A polícia sinalizou que não poderia resolver este tipo de problema e a chamada foi divulgada para convencer a população de não fazer ligações de emergência desnecessárias. De acordo com a polícia de Northumbria, cerca de 15% das ligações que são feitas não são necessárias, custando uma estimativa de £200,000 (equivalente a R$ 728 mil) aos cofres públicos.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)