Golfinho consegue se libertar de armadilha, mas não abandona família

Sea Sherperd / Divulgação

Um momento de solidariedade animal surpreendeu ativistas na cidade de Taiji, no Japão. Membros do Guardiões da Enseada, grupo voluntário criado para ajudar a vida marinha na região, acompanhavam a caça de golfinhos feita por pescadores. No momento de desespero dos animais, presos em uma armadilha gigante. Um deles conseguiu se libertar, mas não quis deixar os parceiros sozinhos no local. “Golfinhos são animais incrivelmente sociáveis e não deixam os parceiros para trás”, afirmou o grupo voluntário Guardiões da Enseada em entrevista ao portal The Dodo.

Sea Sherperd / Divulgação

Segundo os voluntários, o animal acompanhou o momento no qual seus companheiros eram capturados e rodeou o local por alguns minutos antes de ir embora. No Japão, os animais mais bonitos são selecionados pelos pescadores e vendidos para aquários locais. Durante o processo de transporte desses bichos, muitos não resistem e morrem de desidratação ou stress. Só durante a caça monitorada pelo grupo de voluntários, mais de 50 animais foram capturados.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)