Garçom é assassinado por causa de borda de pizza queimada

A_wild_feldhege / Instagram

O assassinato do garçom Marcos Paulo da Fonseca, de 29 anos, em Jundiaí, São Paulo, foi motivado por uma pizza servida com borda queimada. Segundo testemunhas, Salatiel Cordeiro, de 36 anos, havia visitado o restaurante onde o garçom trabalhava e, na companhia de amigo, pedido uma pizza. Ao final da refeição, o homem argumentou que a pizza teria vindo com a borda queimada e se recusou a pagar, o que iniciou uma discussão com o funcionário da pizzaria. Por causa da confusão, os amigos foram convidados a deixar o local, causando irritação em Salatiel, que prometeu se vingar.

Ao fim do expediente, a promessa foi cumprida. Salatiel, na garupa de uma moto, efetuou disparos contra o garçom, que não resistiu aos ferimentos no tórax e morreu. Segundo o Jornal de Jundiaí, testemunhas anotaram a placa da moto e a polícia conseguiu chegar ao suspeito, que teve a prisão temporária decretada pela Justiça por homicídio doloso e foi preso. A equipe da polícia responsável pela operação confirmou o motivo que teria causado o assassinato.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)