Numerólogo anuncia fim do mundo definitivo para 15 de outubro de 2017

Sapujagat

O suposto “fim do mundo” tem uma nova data para acontecer: 15 de outubro de 2017. É isso que diz o numerólogo americano David Meade, conhecido por usar textos bíblicos na criação de teorias conspiratórias a respeito do colapso terrestre. Vendo que em 23 de setembro deste ano o planeta não deixou de existir, como havia “calculado”, ele resolveu refazer as contas e agora sugeriu uma nova data para o evento. Em sua teoria, mesma que sustentou hipótese sobre o colapso em setembro, David argumenta que um planeta misterioso, com o nome Nibiru ou Planeta X,está cada vez mais perto da Terra, e, em breve, irão colidir.

O americano vem apostando na ideia desde 2012, quando a teoria foi rejeitada pela Nasa. Em seu website, o teórico afirmou que a data anterior, em setembro, marcou o início de variados eventos catastróficos, mas o impacto real só poderá ser sentido e percebido em outubro. “Não deve acontecer nada em setembro. É possível que, no fim de outubro, estejamos prestes a entrar no período de tribulação de sete anos, para ser seguido por um milênio da paz”, explicou ele no site.

Em entrevista ao jornal britânico The Sun, Meade afirmou ter visto um arranjo astral, descrito na Bíblia, sinalizando a proximidade do fim dos tempos. “Um grande sinal apareceu no céu: uma mulher vestida com o sol, com a lua debaixo de seus pés e uma coroa de doze estrelas na cabeça. Foi realmente no céu, sábado à noite. Podemos ver isso em nossa localização. Isso indica que este Outono, a Era da Igreja poderia estar terminando, e estamos em uma nova era da Profecia da Bíblia. Eu acho que é o prenúncio de um período de tribulação de sete anos, começando antes do final de 2017”, explicou ele. O americano também acredita que um asteroide, denominado Wormwood, com cerca de 3km de diâmetro e anexado ao sistema do Planeta X, atingirá a Terra em algum momento pontual durante esses sete anos. Além disso, ele também supõe que haverá um arrebatamento que removerá populações de judeus, messiânicos, católicos e protestantes. David sujeita todos os eventos ao “controle de Deus”.

Ciente da teoria e hipóteses propostas pelo numerólogo americano, a Nasa (National Aeronautics and Space Administration – Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço) descartou a realidade das afirmações dele e classificou sua hipótese como um “engano da internet”. “O planeta em questão, Nibiru, não existe, então não haverá colisão. “Se Nibiru ou Planeta X fosse real e se estivessem se dirigindo para um encontro com a Terra, os astrônomos teriam acompanhado o evento durante pelo menos a última década, e agora seria visível a olho nu”, pontuaram funcionários da Nasa. Discordando da agência norte-americana, David continua considerando sua tese como um verdadeiro “cenário possível”.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)