Estudo mostra porque estresse leva ao ganho de peso

Reprodução

Após um dia atribulado, normalmente as pessoas encontram meios para alívio do corpo e um dos caminhos mais comuns é a comida. Mas esse não seria o único papel do estresse no estímulo ao ganho de peso. Pesquisadores da University School of Medicine, em Stanford, descobriram que o estresse desencadeia um hormônio chamado “ADAMTS1″ que, quando as pessoas estão sobre pressão, gera células de gordura no corpo. Quando esse processo acontece em órgãos internos, como o fígado e o pâncreas, o risco de doenças cardíacas e diabetes tipo 2 também é aumentado.

A pesquisa mostrou que as células de gordura enviam e recebem sinais hormonais, diferentemente do que acreditava-se – que elas seriam apenas sacos de calorias. ”Os depósitos de gordura no corpo podem influenciar as células estaminais [que transformam-se em qualquer tipo de células no corpo]. O hormônio ADAMTS1 transforma as células-tronco em mais células de gordura, prontas para armazenar gordura”, disse ao Daily Mail, Brian Feldman, autor do estudo que foi publicado na revista Science Siagnalling.

Os resultados também mostraram que pessoas acima do peso já estariam mais suscetíveis a criar mais células de gordura. A possibilidade de que outros hormônios, ainda não descobertos, possam influenciar na produção de células de gordura, não é descartada, mas acredita-se que o ADAMTS1 é o hormônio dominante nesse processo.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)