Empreendedorismo vira assunto obrigatório nas escolas

Tomaz Aquino / Agência Brasil

A aprovação do projeto de lei n° 772/2015 pelo Senado tornou o empreendedorismo um assunto obrigatório nas escolas de todo o país. Com o aval da Comissão de Educação, Cultura e Esporte, a matéria vai passar a ser ensinada de forma transversal, nas disciplinas já estudadas na escola. “Se você não estimular, você pode ter um empreendedor nato que não vira empreendedor nunca porque não foi provocado na sua formação”, afirmou o autor da proposta, senador José Agripino (DEM-RN), em entrevista à Rádio Senado.

Para entrar em vigor, a lei precisa ser aprovada pelo presidente interino, Michel Temer, e publicada no Diário Oficial da União. Os parlamentares alegam que não têm a intenção de forçar os brasileiros a tornarem-se empreendedores, mas o encaixe da matéria no currículo escolar brasileiro casa com pesquisas recentes que mostram a força do empreendedorismo no país. De acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor, de 2015, 52% da geração de empregos formais do país vem do pequeno negócio, número exorbitante se comparado a países como o Japão (10%) e França (8%).

Áudio da Rádio Senado

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)