Devido ao frio, crocodilos congelam, mas sobrevivem mantendo nariz fora d’água

Shallotte River Swamp Park / Facebook

A tática utilizada por um grupo de crocodilos para sobreviver ao frio congelante de lagos na Carolina do Norte surpreendeu uma série de especialistas. Um vídeo filmado por um dos moradores da região mostra que os animais entraram em uma espécie de “modo de sobrevivência”, deixando apenas o nariz para fora da região congelada para poder, assim, respirar.

Isso acontece porque, ao contrário de outros animais, a espécie não consegue hibernar quando é submetida a temperaturas congelantes. Ela praticamente congela junto com a água, entrando em uma espécie de torpor na qual fica extremamente letárgica e com dificuldade de se mexer. Logo, se o animal não manter o nariz para fora do lago, após 24 horas (tempo máximo no qual um bicho da espécie pode passar sem ir à superfície) ele pode morrer “afogado”.

“Assim que sentem as mudanças de temperatura, os crocodilos colocam os narizes para fora da água gelada para conseguir respirar”, explicou em entrevista ao canal norte-americano ABC News o diretor do Parque Nacional de River Swamp, onde o fenômeno foi registrado. A expectativa, porém, é de que em poucos dias a água volte a derreter e os crocodilos se sintam mais “à vontade”.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)