Companhia aérea confunde voos e envia criança para cidade errada

Eric Salard/Creative Commons

Uma companhia aérea norte-americana, a JetBlue Airlines, está sendo processada por ter confundindo duas crianças e as enviado em voos errados. Maribel Martinez esperava seu filho Andy, de cinco anos, em um aeroporto na cidade de Nova York. Foi quando descobriu que ele havia sido enviado para a cidade de Boston, em Massachusetts, a 215 milhas (cerca de 346 km) de distância.

A empresa confundiu Andy com outra criança, levando-o para uma mulher desconhecida que afirmaram ser sua mãe, enquanto apresentaram outro menino para Maribel como se fosse seu filho. A companhia levou três horas para solucionar o problema. “Eu pensei que ele havia sido sequestrado e que nunca mais o veria de novo”, disse Maribel ao Daily News. Ela processará a empresa pelo “grande sofrimento emocional, medo extremo, horror, choque mental, angústia e trauma psicológico”.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)