Cientistas desenvolvem máquina capaz de ler pensamentos

Toyohashi University of Technology/Divulgação

Um dispositivo que consegue ler a cabeça das pessoas, detectando ondas cerebrais, foi desenvolvido e poderia, eventualmente, permitir que pessoas com alguma “síndrome de bloqueio” se comuniquem. O sistema obteve 90% de sucesso ao tentar reconhecer números de zero a nove e 61% de sucesso ao reconhecer sílabas. Até o momento, todos os testes foram realizados em japonês.

Mesmo não obtendo 100% durante os testes, os pesquisadores da Toyohashi University of Technology, no Japão, mostraram que essa capacidade de ler os pensamentos das pessoas é uma possibilidade que está se aproximando cada vez mais. Eles também sugeriram que um dispositivo simples de operar para celulares poderia ficar pronto em cinco anos.

Um eletroencefalograma foi utilizado para monitorar as ondas cerebrais das pessoas enquanto elas falavam. Então, essas ondas foram combinadas com sílabas e números usando uma “máquina de aprender”, mesmo processo utilizado para desenvolver inteligência artificial. “Até agora, a decodificação dos sinais das ondas havia tido dificuldade de coletar a quantidade suficiente de algoritmos baseados em ‘aprendizado aprofundado’ ou outras máquinas de aprender”, dizia a declaração dada pelos pesquisadores, segundo o portal de notícia britânico Daily Mail.

Eles estão em busca de desenvolver uma interface cérebro-computador que reconhece palavras que são apenas pensadas e não faladas. “Essa tecnologia pode ajudar pessoas com alguma deficiência ou que perderam a capacidade de usar comunicação através da voz a ter essa habilidade mais uma vez”.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)