Casal adota 88 crianças com necessidades especiais ao longo de 40 anos

Possible Dream Foundation / Facebook

Mike e Camille Gerardi dedicaram toda as suas vidas a ajudar crianças com necessidades especiais, se tornando anjos da guarda. O casal, que mora na cidade de Ellijay, no estado da Georgia, nos Estados Unidos, adotou 88 crianças durante as últimas quatro décadas. Juntos desde 1975, eles decidiram ser parceiros na vida e no sonho de construir uma casa de apoio para crianças especiais.

O casal se conheceu no Hospital da Criança de Miami, onde Camille era enfermeira e Mike era pediatra. Aós decidirem se casar, eles decidiram largar os trabalhos no hospital e começar a trabalhar no sonho, que a princípio era apenas de Camille, para ajudar e até construir uma casa para crianças que eram rejeitas por suas doenças ou deficiências. “Quando Mike me pediu em casamento, eu disse a ele que queria fazer uma casa para crianças com deficiência e ele disse: ‘Eu quero seguir seu sonho'”, disse a mulher ao jornal britânico Daily Mail.

Possible Dream Foundation / Facebook

A primeira adoção aconteceu em 1986, quando adotaram 18 crianças com síndrome de Down, síndrome de Zellwegger, deformações no crânio, deficiências de desenvolvimento, autismo, lesões e outros distúrbios. Logo após, eles criaram a Fundação Possível Sonho, que até hoje ajuda crianças deficientes e também suas famílias, desde a educação até o treinamento profissional. Porém, a trajetória do casal não foi fácil. Eles perderam a casa em 1992 após um furacão e em 2011 a casa em que eles moravam foi atingida por um raio e sofreu um incêndio. Além dessas complicações, Camille teve que lidar com a morte de Mike, em 2016, após o marido lutar contra o câncer.

Ao longo dos anos, o casal perdeu 32 crianças, que não foram capazes de superar os obstáculos da vida. Porém muitas outras, que estavam com a expectativa de não ir muito longe, sobreviveram. Atualmente Camille conta com ajuda de funcionários e voluntários que cuidam de 20 crianças. A mulher carrega em si o sonho, que deu início ao lado do marido, que fez tudo o que pode para ajudar a esposa e as crianças.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)