Cantora é mordida por cobra, continua no palco por 45 minutos e morre

A cantora preferiu não parar o show e recusou o soro antiofídico oferecido pela sua equipe. Ainda não se sabe também a razão pela qual o veneno da cobra não foi extraído antes do show. O caso ocorreu no vilarejo de Kirawang, em Java.

Após a mordida, Irma Bule ainda prosseguiu o show por 45 minutos até que começou a vomitar no palco. Irma foi levada até o hospital, mas morreu pouco tempo depois. A polícia informou que está investigando o caso e coletando testemunhos de pessoas que estavam na plateia e no palco. A dança com cobras, mesmo peçonhentas, é algo comum na Indonésia, sobretudo em vilarejos. A cobra que mordeu Irma é da espécie Real, que pode atingir até 5 metros de comprimento.

Na Indonésia, uma cantora morreu no palco após ser mordida por uma cobra que sempre participava de suas performances. Irma Bule, 29 anos, teria pisado no rabo do animal logo na primeira música do show, que assustado, reagiu mordendo a sua perna. As informações são do tabloide britânico Daily Mail.

Reprodução/Youtube

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)