Aos 55, avó e mãe de 4 filhos dá à luz a trigêmeos, no Reino Unido

A enfermeira inglesa Sharon Cutts, deu à luz a trigêmeos, aos 55 anos de idade. A mulher já era avó e mãe de quatro filhos, mas resolveu recorrer a empréstimos que somam uma quantia de £15 mil, o equivalente a R$ 77,7 mil, para financiar sua fertilização in vitro. Sharon tinha sonho de ter um filho com o novo namorado, Stuart Reynolds, de 40 anos, que ela conheceu em um site de relacionamentos. Recentemente, uma indiana de 25 anos entrou em trabalho de parto, achando que teria um bebê e acabou dando à luz a cinco meninas prematuras em 30 minutos.

O sistema britânico de saúde só realiza o método in vitro em mulheres com menos de 42 anos, o que fez com que Cutts tivesse que buscar auxílio em uma clínica privada de Londres, onde o tratamento não foi bem sucedido. Por fim, o casal teve que viajar ao Chipre, onde a prática é liberada para mulheres de até 60 anos e a tentativa finalmente foi bem sucedida.

Os bebês foram batizados de Mason, Ryan e Lily. “Eu sabia que havia uma possibilidade de nascimentos múltiplos porque o médico colocou quatro embriões em mim, por uma maior probabilidade de conceber”, comentou Sharon ao jornal britânico The Sun. Segundo ela, quando foi informada pelos médicos de que haviam sido registrados três batimentos cardíacos em seu ventre, ela chorou de alegria. “Agora eles estão aqui eu não mudaria por nada no mundo”, completou Stuart.

O casal precisa dar conta de 24 refeições e 21 trocas de fralda por dia. Antes disso, Sharon precisou enfrentar uma gravidez cheia de atribulações e 11 semanas no hospital. Os médicos chegaram a sugerir que Sharon abortasse alguma das crianças, devido aos perigos da gravidez para uma mulher de 55 anos, mas ela se recusou. Os trigêmeos nasceram por cesariana, com pesos entre 4 kg e 5 kg. “Foi o momento mais incrível da minha vida”, disse o pai.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)