Ambulâncias são alugadas como táxi em São Paulo

AlfvanBeem / Creative Commons

Uma empresa da cidade de São Paulo promete diminuir o tempo de viagem das pessoas no trânsito caótico da cidade com uma situação “simples”: alugando uma ambulância como meio de transporte. A denúncia foi feita pelo repórter Agostinho Teixeira, da Rádio Bandeirantes, e mostra a negociação do repórter, que se passou por cliente, com o dono da companhia ilegal. Na ligação, eles combinam de fazer uma corrida de pouco mais de 20 quilômetros entre os bairros de Ipiranga e Morumbi. De táxi comum, o preço médio do transporte seria de R$ 50. Com o serviço “diferenciado”, ele pasa para R$ 200.

“Se for ida e volta dá para fazer R$ 250, se for muitos dias dá para fazer por R$ 200”, afirma o dono da empresa durante ligação veiculada na reportagem. Ele chega a explicar como funciona o transporte: as ambulâncias têm viagem livre de acordo com leis do trânsito. “Vai pelo corredor de ônibus, liga a sirene e vai embora”, conta. O repórter ainda recebe instruções do que fazer caso a polícia pare o veículo. Ele é orientado a fingir que está passando mal ou afirmar que está a caminho de socorrer um paciente com hora marcada. Apesar disso, o dono da empresa afirma que nunca foi parado por nenhum oficial.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)