Adolescente ganha uma fortuna dando nomes a bebês chineses

Existe uma tradição bem peculiar na China. Com frequência, familiares optam por dar nomes em inglês aos bebês, acreditando que isso pode facilitar a vida acadêmica no futuro ou abrir as portas para oportunidades de negócio em países como o Reino Unido. Uma estudante britânica de 16 anos chamada Beau Jessup transformou a questão cultural em uma poderosa fonte de renda. De acordo com reportagem da emissora BBC, a garota criou um site e conseguiu faturar £ 48,000 (o equivalente a R$ 204 mil).

Tudo começou quando ela estava visitando uma família na China, durante uma viagem. Durante uma refeição, os pais de um recém-nascido pediram que ela batizasse a criança com um nome inglês. “No primeiro momento eu pensei que não era qualificada para esse tipo de tarefa e que sequer era relevante na vida deste bebê para dar um nome a ele”, conta. Mas depois de descobrir exemplos de nomes que ela julgou péssimos – como Rolex, Gandalf e Cinderella – percebeu que era hora de agir.

Beau hoje é a principal pessoa por trás do Special Name, um site dedicado apenas a dar nomes a bebês chineses. Ela já atendeu mais de 234 mil pedidos e, claro, cobra um valor pelo serviço. São 60 libras (mais ou menos R$ 255) por três sugestões de nome, que levam em conta traços da personalidade. A ideia não é exatamente substituir o nome chinês, mas ter um segundo nome mais fácil de compreender e que facilite a comunicação fora da China.

 

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)