Pornografia deixa 10% dos homens com problemas de ereção

Notebook Online/Reprodução

O uso contínuo da pornografia faz com que um em cada dez homens tenha problemas de ereção e, por isso, bastante dificuldade na vida sexual. De modo geral, é uma questão de modificações na percepção e na expectativa com relação ao sexo.

De acordo com o terapeuta Andrew Smiler, em matéria do The Independent, do Reino Unido, o acesso ilimitado a esse tipo de conteúdo por parte de homens jovens entre 13 e 25 anos tem feito com que parte deles só fique excitado e, consequentemente, atinjam o orgasmo, com o estímulo do vídeo pornográfico.

“Se uma pessoa se masturba vendo pornô uma vez ao dia, por 15 minutos, mas faz isso todos os dias ao longo de anos, é quase certo que ele será especialista em ter um orgasmo apenas por meio da pornografia”, afirmou Andrew Smiler. Ele alertou ainda que, quanto mais jovem o homem, maior será o risco de dificuldade de ereção diante do hábito contínuo do estímulo gerado pela pornografia. “Se um rapaz de 17 anos tem 90% de sua experiência com orgasmo por meio da pornografia, quando ele tiver uma relação sexual com outra pessoa, será mais desafiador ficar excitado”, acrescentou.

A terapeuta psicossexual Angela Gregory, da Universidade de Notttinghan corrobora sobre o tema. “Os homens estão se tornando fisicamente e psicologicamente insensíveis à estimulação sexual normal e à excitação com uma parceira ou parceiro”.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)