Pai cria livro para ajudar filha em tratamento de câncer

Arquivo Pessoal / Reprodução

Após a filha de apenas seis anos de idade ter sido diagnosticada com um neuroblastoma, tipo de tumor cancerígeno, aos quatro anos, os pais Luciano e Paula de Castro não sabiam o que fazer para explicar à garota que ela perderia os cabelos durante o processo de tratamento contra o câncer. Então tiveram a ideia de escrever um livro, para que a menina pudesse entender e refletir sobre o os métodos de tratamento da doença e a convivência com a sociedade.

O casal, que mora em Curitiba, decidiu que Luísa não precisava entender a seriedade da doença para não carregar um fardo maior do que o necessário. Foi aí que o “Fada Pilara e Marujo Gadeinha” foi escrito pelo pai, enquanto ele se recuperava de um transplante de fígado.

A obra, que tem dez páginas, está sendo distribuída para centros de tratamento de crianças com câncer. “Eu acho que a gente sempre tem que ter um lado social. E eu acho, também, que as pessoas têm que se preocupar com o próximo. Quando você ajuda ao próximo, está ajudando a você mesmo”, declarou o pai ao G1.

A pequena Luísa faz tratamento no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba, e passa por sessões de quimioterapia uma vez por semana. Hoje, ela já entende as obrigações do tratamento de uma forma leve e educativa. “Ela achou super legal e adorou quando precisou cortar o cabelo por causa do tratamento. E até hoje ela não sofre com isso por conta do método que usamos para ensiná-la”, conta Luciano.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)