Após matar marido, mulher faz amante passar por plástica e tomar seu lugar

India Today / rEPRODUÇÃO
À esquerda, o então marido de Swathi. À direita, o amante. 

Uma mulher de 34 anos foi presa após matar o marido e fazer com que o amante passasse por uma cirurgia plástica para ficar igual a ele no estado de Telangana, na Índia. Swathi Reddy, enfermeira, deu uma dose de anestésicos no companheiro e o espancou com um ferro quente até a morte. Para que o corpo não fosse identificado, ela desfigurou o rosto do cadáver e o jogou ao mar.

Após se livrar do corpo do marido, Reddy seguiu para a segunda parte do plano: fez uma mistura de ácido com petróleo para desfigurar parcialmente o rosto do amante. Ela chamou a polícia e contou que um homem tinha invadido a residência para tentar roubá-los, ateando fogo no homem. Os familiares, porém, suspeitaram da história. O maior motivo de suspeita não foi nem a face do rapaz, mas o fato de que ele se recusou a comer algumas das comidas trazidas pelos pais porque se dizia vegetariano, quando o marido de Swathi não era.

Segundo o jornal britânico The Telegraph, a mulher confessou o crime durante interrogatório. Ela justificou que foi flagrada dentro de um carro com o amante pelo marido e o assassinou porque teve medo de que ele a expusesse para parentes e familiares. Ela garantiu que jogou a mistura de ácido no rosto do amante para que o rapaz conseguisse viver uma vida se passando pelo homem, assim como se apossando de seus bens materiais, depois de uma cirurgia plástica. O amante de Swathi, Rajesh Ajjakolu, continua internado no hospital, mas será preso como cúmplice quando receber alta.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)