Mulher é detida por carregar vísceras em aeroporto

Jacktd/Creative Commons

Uma mulher foi detida em um aeroporto na Áustria por carregar dois recipientes contendo as vísceras que ela afirmava pertencerem a seu marido. O homem haveria morrido durante uma operação no Marrocos, de acordo com um jornal local, mas a esposa acreditava que ele tinha sido envenenado e queria levar os órgãos para serem testados.

Os oficiais do aeroporto a detiveram após observarem um comportamento suspeito. Ao descobrirem o material, todos levaram um susto. Apesar disso, a polícia decidiu que não investigaria o caso, pois nenhuma lei foi quebrada. Os órgãos foram armazenados e serão estudados por cientistas.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)