Idosos constroem próprios caixões para combater solidão

Para combater a solidão da terceira idade, alguns idosos neozelandeses se reúnem periodicamente para conversar e dar risadas enquanto praticam uma atividade no mínimo inusitada: constroem seus próprios caixões. Eles adotaram o passatempo mórbido após a enfermeira Katie Williams, de 77 anos, sugerir a ideia em 2010 e espalhá-la por todo o país.

Para a enfermeira, na hora da morte as pessoas merecem uma despedida mais pessoal. “Há muita solidão entre os idosos, mas no ‘clube do caixão’ as pessoas sentem-se úteis. Além disso, tomamos chá, almoçamos, ouvimos música, nos abraçamos e nos divertimos”, contou Katie ao jornal britânico The Guardian.

Atualmente, várias cidades da Nova Zelândia contam com seu próprio clube de caixões. O início do projeto era bem mais rudimentar. Ela lembra que montou o grupo em sua garagem, sem ferramentas, voluntários e, também, sem saber construir um caixão. Aos poucos, um marceneiro começou a ajudá-la e membros do clube foram aprendendo a construir caixões até mesmo para doação.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)