Homem é indenizado por fezes de rato em pacote de bolacha

Extraplus/Reprodução

Por ter encontrado pelos e fezes de rato dentro de pacote de bolacha, um consumidor receberá R$ 5 mil de indenização. De acordo com o jornal Extra, do Rio de Janeiro, o produto “Presuntinho”, da marca Piraquê, tinha “corpos estranhos”, conforme aponta decisão dos desembargadores da 27ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça carioca, baseada em laudo científico.

O consumidor afirma que já tinha comido alguns dos salgadinhos contaminados, tendo, inclusive, adoecido após a ingestão. A empresa, por sua vez, afirmou que não há provas de que a doença foi causada pela situação e nem que o “corpo estranho” foi, de fato, encontrado. Para a desembargadora Mônica Feldman de Mattos, porém, a aquisição e ingestão de um produto impróprio para o consumo por si só “provoca sensação de repugnância, nojo, aversão e sentimentos de insegurança, vulnerabilidade, além da quebra de confiança inequivocamente depositada pelo consumidor quanto à qualidade do produto adquirido”.

A piraquê informou ao Extra que nada confirma o fato, já que o consumidor efetuou a denúncia já com o pacote aberto e a contaminação, desta forma, pode ter sido feita pelo próprio consumidor. Apesar das argumentações, a decisão judicial determina que o valor seja pago.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)