Garoto autista não podia ser tocado, até conhecer seu cão terapeuta

O garotinho Kainia Niehaus, de 5 anos, tem autismo. No seu caso, o distúrbio de desenvolvimento o deixa extremamente sensível a qualquer tipo de contato físico. Até que ele conheceu o labrador Tornado, cão terapeuta treinado pela ong 4 Paws For Ability. No primeiro contato, Kainia já abraçou o cachorro, pouco depois já estava deitado em cima dele, para a imensa alegria de sua mãe, Shanna Niehaus.

Isso porque, com a interação com o Tornado, ela enxerga a possibilidade de, finalmente, ter uma relação de mãe e filho próxima da normalidade. O depoimento da mãe foi postado na página da ONG. “Esta foto captura o rosto de uma mãe que vê seu filho, que ela não pode abraçar, dar banho, trocar de roupa, mimar e tocar, deitar livremente sobre seu cão terapeuta por desejo próprio, num vínculo intencional e direto”, contou a mãe em depoimento postado na página da ONG.

“Meu filho é a criança mais forte que já conheci. Ele já enfrentou inúmeros adultos ignorantes e rudes que não entendem ele por ser diferente”, continua Shanna, que segue o texto explicando o seu choro. “Esse é o rosto de uma mãe que viu suas tentativas de interação social com o filho falharem incontáveis vezes. Eu chorei durante noites. Desta vez, chorei em silêncio para não distraí-lo deste momento. Isso é pura mágica para mim, Palavras não conseguem explicar”.

4 Paws For Ability/Facebook

A família mora no Japão e viajou até Ohio para pegar o cão, após espera de dois anos para que um cachorro ficasse disponível. A ONG 4 Paws For Ability (Quatro Patas Para Habilidade em tradução livre) realiza o treinamento de cães, como tornado para que eles ajudem crianças com deficiência ou idosos que não tem mais a mesma capacidade de locomoção.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)