Força-tarefa resgata cachorro em poço de 70 metros

Departamento de Bombeiros de Istambul / Divulgação

Bombeiros, veterinários e até mesmo estudantes de engenharia montaram uma força tarefa para resgatar um cachorro filhote de quatro meses que caiu em um poço com mais de 70 metros de profundidade na cidade de Istambul, na Turquia. Não se sabe como o animal foi parar no local, mas mais de 10 dias se passaram até que um braço mecânico fosse confeccionado por universitários e ele fosse puxado do buraco.

Kuyu, como foi batizado o animal, foi encontrado por estudantes de mineração, que logo acionaram o Corpo de Bombeiros de Istambul. Até mesmo o ministro de energia do país participou das atividades, enviando alguns engenheiros de minas para analisar a área e evitar acidentes.

Uma tenda foi montada em cima do poço para evitar que a chuva e neve atingissem Kuyu. Ele passou a ser alimentado com ração por voluntários e monitorado por uma câmera por veterinários. Estudantes da Escola de Ciências de Bahçeşehir decidiram entrar na missão: começaram a confeccionar um braço mecânico para puxar o animal do local.

Segundo o jornal britânico Metro, três horas foram necessárias para que o animal fosse puxado do local. Depois de toda a missão, como ninguém se declarou dono do animal, o corpo de bombeiros de Istambul decidiu adotar o filhote, que passa bem.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)