Estrela artificial é lançada no espaço e será ponto mais brilhante do céu

Humanity Star / Divulgação

A companhia neozelandesa Rocket Lab, lançou, no dia 24 de janeiro de 2018, um satélite artificial que pode ser a coisa mais brilhante que você verá no céu à noite. O fundador da companhia, Peter Beck, escolheu nomear o satélite de “Humanity Star”, por considerar que o equipamento será um alerta para nossa própria condição humana. “Nossa esperança é que aqueles que olharem para ele pensem na imensidão do universo e reflitam sobre suas vidas, ações e o que é realmente importante para a humanidade”, afirma Beck, no site oficial da companhia.

Na cidade do Recife, a Humanity Star poderá ser vista no dia seis de março de 2018 por cerca de um minuto. É possível acompanhar o satélite e descobrir em que momento ele vai passar por onde você mora acessando o site do projeto. Nele, você pode acompanhar a órbita da “estrela”, clicando em “Find My Location” no lado esquerdo da tela e digitando o nome de seu município.

O satélite é um pouco maior que uma bola de futebol e é feito de fibra de carbono, com 65 painéis que refletem a luz do Sol, o que cria uma semelhança com um globo de luz. Ele foi concebido para girar rápido e, apesar de ser extremamente brilhante, não atrapalhará a visão dos aviadores. É esperado que o satélite complete uma volta completa ao redor da Terra em noventa minutos, viajando numa velocidade de 7,6 mil km por segundo, 27 vezes superior à velocidade do som.

É esperado que a “estrela” permaneça nove meses em órbita antes de voltar para a atmosfera terrestre, quando ele deve ser queimado pela própria atmosfera, não poluindo nem a Terra, nem o espaço. “Não importa onde você está no mundo ou que está acontecendo na sua vida, todo mundo será capaz de ver a Humanity Star no céu noturno”, completa Beck.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)