Empresa de entrega proíbe motoristas a dobrarem à esquerda e economiza milhões

Wikimedia Commons/Reprodução

A empresa norte-americana de entregas UPS solicita que seus motoristas evitem ao máximo dobrar à esquerda durante as entregas. A justificativa da medida é que ao dobrar à esquerda (ou à direita, no caso dos países onde a mãe é do lado esquerdo), os veículos precisam aguardar semáforos e o trânsito do lado oposto da via. Isso também acaba criando uma maior probabilidade de colisão. Dessa forma, os motoristas podem seguir rotas mais longas e enfrentam tráfegos mais intensos, mas a empresa economiza dinheiro.

Segundo o jornal britânico BBC, a empresa faz uso desse método há 13 anos. Durante esse tempo, 90% das viagens são feitas apenas pela direita da via. As rotas são escolhidas pelo software Orion, detentor de um algoritmo com mais de mil páginas. Ele não determina o caminho menos longo, preferindo o mais conveniente.

Segundo a UPS, essa tática possibilitou a economia de 38 milhões de litros de combustível anuais. Ainda de acordo com a UPS, a medida também apresenta benefícios ambientais, como evitar de emitir 20 mil toneladas de dióxido de carbono, além de conseguir atender uma demanda maior de entregas. A atração televisiva Caçadores de Mitos, apresentada pelo canal Discovery Channel, demonstrou que a medida realmente promove uma economia de combustível. Porém, essa medida não demonstra resultados efetivos para motoristas comuns, mas para a empresa na qual cada motorista faz, em média, 120 viagens diárias, sim.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)