Caixas digitais conversarão com moradores e controlarão ambiente da casa

Google/Divulgação

Imagine conversar, em tempo real, com uma caixa eletrônica que pode estar na estante da sala, pendurada na cozinha ou até no criado mudo do seu quarto? E até que ponto você estaria disposto a falar? O aparelho, “ouviria” tudo. Apple, Amazon e Google estão produzindo caixas eletrônicas, munidas de auto falantes capazes de elaborar perguntas para engatar uma conversa ou mesmo controlar automaticamente recursos de sua residências, desde volume de som, passando pelo controle de ar condicionado ou mesmo câmeras de segurança.

A Google Home foi lançada em junho de 2016 e pretende, por meio de voz, ligar a televisão no programa que você desejar, ajustar as luzes e temperatura da casa, procurar informações e até agendar uma reunião. A Apple trabalha em algo similar. Segundo o The Independent, muitos acreditam que as caixinhas representam o futuro da tecnologia.

Enquanto muitos ainda falam da “perda” de privacidade, que começa com o fato de empresas como Facebook e Google ouvirem conversas mesmo quando não há uso da plataforma, visando o direcionamento de publicidades, as empresas investem justamente na digitalização de todos os seus perfis, desejos e exposições de opinião. Entre as possibilidades da tecnologia, estão as sugestões condicionais, ou seja, quando alguém fala que acabou algo da despensa, na hora, o aparelho localiza uma loja próxima e sugere a reposição – sugestões essas que seriam utilizadas, também, como forma de marketing direcionado.

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)