Brasileiros criam inteligência artificial para explorar espaço

Wikimedia Commons/Reprodução

Dois astrofísicos brasileiros deram uma boa contribuição para entendermos melhor o funcionamento do universo. Trata-se de Rafael de Souza e Maria Luiza Dantas, líderes de uma equipe internacional de cientistas que conceberam um novo método para a exploração de galáxias. Ele consiste em um sistema que se utiliza de inteligência artificial capaz de reconhecer esses sistemas estelares a partir do espectro de luz (quando a luz é decomposta em comprimentos de onda).  Segundo Maria Luiza, “é como se você estivesse usando um óculos de visão noturna nas galáxias.

Esse sistema automatizado rompe as limitações da visão humana e enxerga as galáxias de forma mais detalhada, facilitando a classificação delas. “Existem outros astrônomos que também fazem isso, nossa contribuição é que criamos um sistema que reconhece padrões que não são possíveis de serem percebidos visualmente. Isso ajuda na capacidade de encontrar novos objetos”, explicou Rafael ao site Uol

A descoberta foi apresentada em um simpósio astronômico em Praga, o “European Week of Astronomy and Space Science”. Segundo Rafael, a sua pesquisa está inserida em um projeto maior que busca encontrar soluções para os problemas modernos da astronomia. O trabalho, intitulado”A probabilistic approach to emission-line galaxy classification”, contou com uma equipe que reúne pesquisadores da Austrália, África do Sul, Portugal, Coreia do Sul e Hungria.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)