Brasileiro derruba estátua de 300 anos durante selfie

Nuno Miguel Rodrigues / Facebook

Um brasileiro derrubou e quebrou uma estátua do século 18 enquanto tentava tirar uma selfie com a peça, em um museu da cidade de Lisboa, em Portugal. A imagem de São Miguel, feita em madeira, estava exposta no Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA) e tinha uma cerca de proteção, mas isso não impediu sua destruição. O homem, sem identidade revelada, estava caminhando de costas para a obra enquanto tentava tirar a foto. Ele ainda foi alertado por um dos seguranças sobre o perigo, mas não escutou a tempo.

O incidente ocorreu no único dia de visitação gratuita do local. A obra não tem autor conhecido nem valor estipulado, mas foi feita no país europeu. Após o acidente, o ministério da Cultura português afirmou, em nota, que os danos são reversíveis. O turista não deve ser considerado culpado pela destruição da peça. “Foi um incidente muito infeliz, mas não foi um ato deliberado ou de vandalismo”, afirmou José Seabra Carvalho, sub-diretor do MNAA, em entrevista ao jornal português Expresso.

Apesar de absurdo, esse não é o primeiro episódio em que uma estátua rara é quebrada enquanto alguém tenta tirar uma foto com ela, em Portugal. No mês de maio de 2016, um português derrubou uma estátua do século 18 de Dom Sebastião, rei do país, após escalá-la em uma estação de trem. Nesse caso, como a obra era tombada, o rapaz foi indiciado pela Justiça.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)