Batata frita pode ser mais saudável do que cozida, diz estudo

Hayford Peirce / Creative Commons

Um estudo da Universidade de Granada, na Espanha, descobriu que vegetais como batata, chuchu e berinjela mantêm maior valor nutritivo se consumidos fritos em azeite extra virgem do que cozidos. Isso acontece porque além de vitaminas, o azeite contêm fenóis, oxidantes presentes nos vegetais crus, fazendo com que eles não se percam nas panelas e chegando a adicionar propriedades. “A concentração de fenóis encontrada nos vegetais crus já é alta, mas o nível aumenta ainda mais quando adicionamos azeite extra virgem. O cozimento não afeta essa concentração”, explica Cristina Samaniego, supervisora do estudo, em entrevista ao jornal da Universidade de Granada.

A descoberta foi feita durante uma pesquisa sobre a dieta mediterrânea. Alimentos como peixes, tomate, abóbora e batata foram fritos e cozidos de formas diversas: água, óleo e azeite foram alguns dos meios testados. Apesar de se manterem saudáveis, os pesquisadores alertam que a comida deve ser consumida com cuidado por aqueles que desejam emagrecer. “O azeite é absorvido pela comida, logo, o teor calórico aumenta”, explica Cristina.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)