A Abbey Road do Poço da Panela: um muro vestido de Beatles

por

Fã da banda inglesa mantém, há seis anos, uma “Abbey Road” pernambucana no exterior da própria casa, no Recife

Quem circula pelo bairro do Poço da Panela já deve ter visto o muro de uma casa pintado em homenagem aos Beatles. Desde 2010, a residência virou também ponto turístico da Zona Norte do Recife. O punhado de cores adiciona vida e cultura a um bairro conhecido por ser calmo, repleto de amplas moradias e muito verde. A rua é a Monsenhor Lôbo, mas no alto do muro, uma placa identifica o trecho como Abbey Road, com direito a faixa de pedestres e placa de sinalização com os quatro ingleses.

Fanática pela banda, a dona da casa Cláudia Tapety queria demonstrar sua paixão e oferecer algo que adultos e crianças pudessem curtir. Não é incomum encontrar quem passe pela primeira vez no local, se encante com a delicadeza dos desenhos grafitados e pare para tirar fotos ou ainda quem aproveite o cenário para ensaios fotográficos diversos. A ideia era homenagear os ingleses e incentivar os mais novos a gostar da banda. “Eu acho importante lembrar os Beatles e acho bacana quando vejo crianças que gostam dos desenhos”, conta.

Nando Chiappetta/DP

Atualmente, as pinturas são todas do filme de animação “Yellow Submarine”, que foi baseado nas canções da banda e lançado em 1968. Cláudia foi a responsável por escolher os desenhos e pediu que um rapaz grafitasse. O desenho está ali há mais de 5 anos, antes havia somente o “Yellow Submarine” mas ela quis mais, então resolveu colocar mais personagens para compor a arte. O que mantém a beleza de todos eles é a manutenção feita quando necessária.

O publicitário Roberto Angelin, 35 anos, conta que a esposa fez o ensaio de gestante em frente ao muro. Eles gostaram tanto que voltaram para fazer um ensaio com o filho Gabriel, agora com 11 meses. “A gente é apaixonado pelo Poço da Panela e o bairro apresenta várias coisas inusitadas. Isso aqui é uma arte” diz, apontando para os desenhos na parede. A fotógrafa que acompanhava o casal, Priscila Tenório, 31, diz sugerir que as pessoas façam ensaios no espaço. “Digo para vir para cá porque é tranquilo, colorido. Gosto muito e acho bem curioso uma pessoa fazer isso em casa”, comenta.

Pouco depois, ainda durante a entrevista, um rapaz para o carro  – diz que é exigência do filho pequeno, que admira o muro – e pergunta em voz alta. “O que tem ali no desenho?”. E um grito infantil dispara: “Beatles”. Nem todo jovem, no entanto, é tão apegado ao tal muro – nem mesmo a filha da proprietária dele, Vivian Ponte, 18, que não se diz tão dedicada à banda quanto a mãe. “Mas se eu não gostasse, seria deserdada”, brinca. Ainda assim, diz aprovar as pinturas e gostar de ver as pessoas parando no local para posar para fotos.

Cortesia/Cláudia Tapety

Cláudia Tapety é funcionária pública, mas sua atividade poderia ser facilmente “tiete profissional”. Paul, o seu preferido da banda, ganha até festa de aniversário na residência onde também ilustra o muro. “Todo ano, faço questão de celebrar –  mais até do que meu próprio aniversário. Com lembrancinha, bolinho… tudo temático! Chamo meus amigos que são beatlemaníacos e a gente canta parabéns, como se Paul estivesse com a gente. É para passar boa energia pra ele”, conta.

Mas ela já foi muito além. Em casa, também mantém um boneco gigante do ex-Beatle, que mandou confeccionar. O rapaz já foi parar até no Rio de Janeiro. “Pra colocar no táxi, foi difícil, porque nenhum taxista queria levar. Precisei de uma van pra levar pro Copacabana Palace… Mas no Engenhão, ele não entrou (por questões de segurança)”, relembra. Ainda assim, conseguiu que o cantor visse sua obra, exposta em frente ao hotel, quando McCartney apareceu na varanda. O reencontro de produto e inspiração ainda voltou a acontecer, desta vez, no Recife. No segundo show que realizou no estádio do Arruda, foi autorizada por uma das empresas patrocinadoras a levar o boneco gigante para o local. E ele ficou lá, acompanhando cada hit. Quem disse que boneco gigante só curte frevo?

Nando Chiappetta/DP

Boneco gigante de Paul McCartney já foi até em show do astro

Cortesia/Cláudia Tapety

Primeira versão do muro, pintado em 2010

Daniele Alves

Daniele Alves

Repórter

Daniele é estudante de jornalismo nas Faculdades Integradas Barros Melo – Aeso. Escreve para a editoria de dados do jornal, no projeto CuriosaMente, desde 2015. Também curte os Beatles.

Nando Chiappetta

Nando Chiappetta

Fotógrafo e videografista

Nando é o fotógrafo ítalo-brasileiro do Diario. Gosta de desvendar as curiosidades da cidade e é defensor do mantra de que all you need is love

Comentário(s)

Comentário(s)