Mulher desaparecida há 42 anos é encontrada viva

sullivan county sheriff's office / Divulgação

A conclusão de um caso de desaparecimento registrado em 1975 na cidade de Sullivan, em Nova York, emocionou moradores da região e acendeu uma pontada de esperança em famílias de outros desaparecidos. A idosa Flora Stevens, de 78 anos, tinha desaparecido quando tinha apenas 36 após ser deixada pelo marido em uma consulta médica nas proximidades de casa e nunca mais foi encontrada. O caso foi reaberto diversas vezes, mas nenhuma nova pista foi registrada.

Décadas depois, um corpo com descrição semelhante ao de Flora foi encontrado no condado de Orange, na Califórnia, e amostras antigas de DNA da mulher foram requisitadas por policiais para, talvez, dar um fim ao mistério. Quando o caso foi revisitado para a obtenção das amostras, porém, os oficiais perceberam que a documentação da mulher tinha registros no estado de Massachusetts, a cerca de 300 km do local onde ela desapareceu. Uma rápida busca encontrou a mulher, vivendo com o nome de Flora Harris, em uma casa de acolhimento da região.

Como hoje a mulher sofre de demência, os policiais não conseguiram saber o motivo real do desaparecimento dela, só detectando que ela mora na mesma instituição desde 2001. “Você não vê um caso de desaparecimento ser resolvido tanto tempo depois com muita frequência. O importante é que agora sabemos que Flora está a salvo”, afirmou o Xerife da região, Mike Schiff em entrevista ao jornal local Record Online.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)