Ladrões roubam corpo de cemitério em Santa Catarina

RBS TV/Reprodução

A Polícia Militar foi acionada para investigar um caso de roubo inusitado. O coveiro do cemitério do município de Penha, no litoral norte de Santa Catarina, denunciou o roubo do corpo de um defunto. A suspeita é que os ladrões sabiam que o morto tinha um pino de ouro no ombro, colocado após uma cirurgia pela qual o homem passou há 14 anos.

Acredita-se que o corpo é de João da Silva, falecido no dia 4 de janeiro, que tinha uma pousada e era mestre de barco, muito conhecido na região. O corpo foi encontrado no mato próximo a um parque de diversões. “Se pegasse o pino lá, podia ter deixado o corpo, não precisava fazer o que fizeram, jogar na rua e mutilar. Isso foi uma crueldade que não tem ideia, não tem tamanho”, disse a viúva Rosane Santiago ao portal de notícias G1.

Essas suspeitas só poderão ser confirmadas após a identificação real do corpo abandonado pelos ladrões após o roubo. Por causa do estado de decomposição no qual o corpo se encontra, não é possível fazer uma identificação visual, então será feita uma análise da arcada dentária.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)