Jovem fica paraplégico após ser desafiado a engolir lesma

Sam Ballard / Facebook

Um jovem australiano acabou perdendo o movimento das pernas após ser desafiado, durante uma festa, a engolir uma lesma. Após digerir o molusco, o rapaz de 19 anos desenvolveu meningoencefalite eosinofílica e ficou em coma por 420 dias, antes de ficar paraplégico.

Sam Ballard, natural de Sydney, foi desafiado a engolir a lesma e assim o fez, em meio a uma roda de amigos, bebendo vinho tinto. Não demorou muito para o rapaz começar a se sentir mal e correr para o hospital, onde foi diagnosticado com a doença transmitida por ratos, caracóis e lesmas (que comem as fezes dos ratos), que causa um tipo de infecção no cérebro. Apesar de raro, foi isso que aconteceu com Sam.

Após passar 420 dias em coma, o jovem acordou tetraplégico, sem o movimento dos membros e sem fala. “É devastante, mudou a vida dele para sempre, mudou minha vida para sempre. É enorme. O impacto é enorme”, comentou a mãe do jovem ao jornal britânico Metro.

Já que o garoto precisa de cuidados 24 horas por dia, seus familiares deram entrada no National Disability Insurance Scheme, para receber pensão por invalidez. Porém, após o programa passar por revisões, o valor recebido por Sam foi diminuído e a família hoje faz campanhas na internet.

Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

Zoom

Zoom in Regular Zoom out

Facebook

Comentário(s)

Comentário(s)